Login Register

4 Times Enactus são selecionados pela parceria Ford C3 e Enactus; saiba mais

O Ford Fund, braço filantrópico da Ford que apoia diversas ações sociais no Brasil e no mundo, irá investir $ 5000 dólares americanos em quatro equipes de universitários selecionadas no “Ford College Community Challenge” (Ford C3), uma parceria com a Enactus Brasil, organização que fomenta o empreendedorismo social dentro das universidades. A parceria entre as duas organizações é global e, no Brasil, chega ao seu sexto ano.

O Ford C3, que tem como tema “Construindo Comunidades Sustentáveis”, desafia os Times Enactus do Brasil a utilizarem a ação empreendedora para encontrar formas inovadoras, criativas e únicas de solucionar uma necessidade específica e urgente em uma comunidade local, empoderando-a para se tornar um lugar mais sustentável para trabalhar e viver. O programa tem como principal objetivo o envolvimento dos alunos em papéis de liderança de projetos que proporcionarão não apenas o aprendizado técnico, mas também impacto social e ambiental.

“Nossa estratégia de Responsabilidade Social está baseada em dois pilares: educação e sustentabilidade. A parceria com a Enactus nos permite unir essas duas premissas em um único projeto, com impacto positivo nas comunidades e no meio ambiente”, explica Roberta Madke, gerente de Relações Corporativas da Ford América do Sul.

Para participar, os grupos precisam ter uma organização comunitária como parceira e pelo menos um dos universitários cursando uma das seguintes áreas: Administração de Empresas, Economia, Engenharia ou Design.

Na edição de 2019, 26 Times Enactus de 6 estados diferentes inscreveram seus projetos, dos quais quatro foram selecionados. Eles participarão da Competição Nacional entre Times Enactus, que será realizada durante o Evento Nacional Enactus Brasil 2019, de 17 a 19 de julho, no Expo Center Norte, São Paulo (SP). A equipe vencedora representará o país no Campeonato Mundial em San Jose, Califórnia (EUA), de 16 a 18 de setembro.

Conheça os quatro projetos selecionados:

Alfatech – UFABC

O projeto Alfatech tem como objetivo auxiliar no processo de alfabetização de crianças em defasagem escolar entre o terceiro e quinto ano, através da aplicação de um programa de ensino individualizado via computador, o Aprendendo a Ler e Escrever em Pequenos Passos – ALEPP, e da metodologia Alfatech, a qual é focada em capacitar professores a trabalharem com o ALEPP e a melhorarem a experiência de alfabetização desses alunos. A metodologia Alfatech busca, além das sessões de ensino por meio do computador, promover atividades de leitura que estimulem as crianças a desenvolverem habilidades que não são tão trabalhadas em sala de aula e recuperarem sua auto confiança, ao mostrarem que todas são capazes de aprender, reconhecendo o seu esforço e as suas tentativas. Atualmente o projeto atua em 8 escolas municipais de Santo André, atuando com alunos de 8 a 12 anos de idade.

Minerva – UFPA

O projeto Minerva visa atenuar a desigualdade de gênero no mercado de serviços de reparos domésticos, inserindo nesse nicho mulheres capacitadas e qualificadas para trabalhar nesse ramo, por meio de capacitações profissionalizantes. O projeto atuará de modo a conectar mulheres que querem contratar serviços com outras mulheres as quais prestarão tal serviço, por meio de uma aplicação web desenvolvida pelo projeto. Desse modo, será um trabalho feito por mulheres e para mulheres, com o intuito de buscar, também, diminuir o risco de assédio e violência sexual ao qual milhares de mulheres são constantemente submetidas durante a contratação desses ofícios, os quais -devido a uma sociedade machista e sexista que dita o que o sexo feminino pode ou não fazer- são majoritariamente oferecidos por homens.

Melius – USP São Carlos

Visando a melhoria na qualidade de vida dos moradores de uma comunidade em um bairro periférico da cidade de São Carlos (SP), o projeto Melius surge para garantir acesso a direitos básicos como: renda, alimentação, educação e moradia sustentável. A comunidade e a equipe estão desenvolvendo dois modelos de negócios buscando explorar seus potenciais. e Estúdio Tecendo Sonhos. Um deles é o Carpintaria Novo Sonho, que consiste em construir móveis a partir de madeira de palete reutilizada, e o outro chama-se Estúdio Tecendo Sonhos, que visa a produção de crochê feito à mão reutilizando tecidos de indústrias têxteis locais e outros materiais reutilizáveis ​​na fabricação.

SerTão Sustentável – UVA Sobral

O projeto tem como objetivo empoderar todos os cadastrados da feira itinerante “Bodega Sustentável” e impactar de forma direta todas as 60 famílias da comunidade Serrote do Piaba. O Time desenvolveu o Núcleo de Tecnologias Sociais (NTS) com o foco de criar soluções sustentáveis para serem implementadas na comunidade. Como exemplo, tem-se o Avati, um filtro para tornar possível o reuso de águas cinzas, e o CoTy, um sistema de irrigação por gotejamento mais barato que os convencionais. Para escoar a os produtos de agricultores e artesãos da região, criou-se a Bodega Sustentável, proporcionando desenvolvimento econômico e valorização da agricultura familiar.

 

Parabéns a todos os projetos selecionados. Muito sucesso e foco nessa próxima etapa, utilizando a ação empreendedora para criar valor para as comunidades impactadas!

 

 

blog comments powered by Disqus