Login Register

Brasil é muito bem representado na Enactus World Cup 2019 realizada no Vale do Silício; saiba mais

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, estudantes, acadêmicos e líderes de negócios se encontraram na Enactus World Cup 2019 em San Jose, California, EUA, mostrando como a ação empreendedora e a inovação compartilhada vem transformando realidades ao redor do mundo em uma competição entre os 37 países da rede. A delegação brasileira contou com 35 participantes, entre eles, dois membros do Conselho da Enactus Brasil: Charles Krieck, CEO da KPMG Brasil, e Marcos Matsunaga, sócio da FCAM.

No campeonato mundial, os Times são separados em ligas e avaliados por uma bancada de juízes composta por grandes executivos. O Brasil, representado pelo Time Enactus UFPA, competiu na liga de abertura com Nigéria, Azerbaijão e Marrocos, apresentando seus 5 projetos: Amana Katu, Minerva, Fiero, Cíclica e Costuraê. 16 países seguiram para a semifinal, e as equipes do Canadá, Estados Unidos, Alemanha e Egito seguiram para a rodada final da competição. O Time do Egito foi nomeado Campeão Mundial Enactus com o projeto Rosie, um negócio social que oferece absorventes ecológicos, de alta qualidade e com preço acessível para mulheres que não podem comprar o encontrado no mercado.

À esquerda, a delegação brasileira, e à direita, o Time Enactus UFPA, representante do Brasil na competição mundial.

Outro momento com participação brasileira foi a competição World Water Race, um desafio global sobre o combate às problemáticas da água e saneamento. Pelo segundo ano consecutivo, o projeto Amana Katu do Time Enactus UFPA seguiu para a final da competição, que teve mais de 120 projetos inscritos. Neste ano, a equipe trouxe o troféu de 2º lugar, ficando apenas atrás da India.

Time Enactus UFPA recebeu o troféu de 2º Lugar na World Water Race.

O Brasil também esteve presente na World Project Showcase, sendo representado pelo Time Enactus UVA Sobral e seu programa SerTão Sustentável. A experiência reúne um projeto por país que esteja em fase de expansão, dando oportunidade para se conectar com os participantes do evento. A equipe do Brasil foi reconhecida pela destaque na feira e recebeu o prêmio Enactus Peace Through Trade.

Estudantes da Enactus UVA Sobral representando o Brasil na World Projeto Showcase.

O Brasil também participou de um almoço promovido pela Ford, onde a Isabel Cruz, integrante do Time, compartilhou com os presentes a sua experiência na Ford Community Impact Fellowship, evento realizado em Michigan, EUA.

(da esquerda para direita) Isabel Cruz (UFPA) compartilhando sua experiência em Michigan, participação da alumnus Luciana no Action Accelerator.

Alguns Enactors brasileiros também tiveram participações especiais: a Luciana Pepper, alumnus do Time Enactus PUC Campinas e reconhecida no ENEB 2019 pelo Prêmio Alumni +30, participou do Action Accelerator, um evento com membros da Enactus, One Young World e o Circle of Young Intrapreneurs que puderam participar de um dia inteiro de colaboração interdisciplinar visando acelerar iniciativas existentes de alto potencial. As soluções finais foram avaliadas por um grupo de jurados, e as melhores equipes apresentaram no palco principal do evento.

A Yasmin Enomoto, líder do Time Enactus Instituto Mauá, foi embaixadora social do evento e participou do Painel Internacional promovido pela Enactus Canadá, onde estudantes de todo mundo se juntaram para discutir boas práticas para criar projetos mais inovadores e de maior impacto social.

(da esquerda para direita) Brasil mostrando sua cultura e tradições na Feira das Nações, Yasmin participando do Painel Internacional e lançamento do 1 Race 4 Oceans.

Como tradição, o evento conta também com a Feira das Nações, um momento onde todos os países tem a oportunidade de mostrar sua cultura, costumes, comidas típicas e tradições.

No evento, foi lançado um novo desafio global: a 1 Race 4 Oceans. Atrelada ao 13º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável – Vida na água, a corrida irá oferecer oportunidades para projetos que trabalhem com economia circular e redução de resíduos, diminuindo a quantidade de lixo que é destinada aos oceanos. O estudante Guarani Boto, da Enactus UVA Sobral, representou o Brasil no durante o lançamento.

Confira as fotos do evento clicando aqui.

blog comments powered by Disqus