Login Register

Conheça nossos alunos: Entrevista com Carla Rodrigues

Hoje o nosso bate papo será com a Carla Rodrigues, 22, Coordenadora Geral do Time Enactus UFLA, lá de Lavras, Minas Gerais.

Afinal, quem melhor para falar sobre a Enactus do que os nossos alunos que estão na linha de frente dos nossos projetos, dando tudo de si para impactar e empoderar pessoas?

10399864_971632766249681_7914604582744230552_n

— Vamos lá, Carla! Comece nos contando sobre o que é a Enactus para você?

“É uma oportunidade, de crescimento, de aprendizado, de realização, de socialização. É uma ideia certa e muito boa, que quero ajudar a difundir na sociedade em que vivo, e que espero que cresça no mundo todo e cative mais pessoas como me cativou, para que juntos possamos fazer muito mais do que fazemos hoje.”

— O que chamou sua atenção para participar da nossa organização?

“Assim que assisti ao primeiro vídeo sobre a Enactus, mostrando a mudança que nós, estudantes e adolescentes, poderíamos realizar no mundo, me encantei. Realizar qualquer trabalho social é muito gratificante, sempre gostei de ajudar as pessoas, de ver que proporcionei o sorriso no rosto de alguém, aprendi isso com a minha mãe, que sempre me levou com ela para realizar ações sociais. Desde pequena, mesmo quando eu não sabia o que eu queria ser, só tinha uma certeza, queria fazer algo importante, eu queria fazer a diferença no mundo. Quando fui ficando mais velha, além de pensar em formas de ajudar a sociedade, comecei a me preocupar com o meio ambiente, com o impacto que nós, seres humanos estávamos causando no mundo e com as gerações futuras, como meus próprios descendentes viveriam nele. Ao encontrar uma forma de fazer o bem ao mundo e a sociedade, não poderia ter deixado de abraçar.”

— A Enactus está mudando algo na sua vida pessoal, profissional e acadêmica?

“Quando entrei na faculdade, tive a oportunidade de me relacionar com pessoas muito diferentes de mim, com novas ideias e ideais, ampliar meus horizontes, sempre gostei disso, é assim que penso que crescemos como seres humanos. Mesmo sendo tímida e tendo dificuldade às vezes, gosto muito de trabalhar em grupo por isso, o crescimento pessoal é muito grande. Trabalhar em uma equipe multidisciplinar, aprender a cada dia um pouquinho de cada área, bem como absorver e entender um pouquinho do jeito e pensamento de cada um com que temos contato, não tem melhor coisa. Aprender também a sempre procurar opções e formas novas de atuar na minha área mesmo onde não é óbvio, onde ninguém imagina, isso é Enactus, e isso que vai me transformar em uma profissional diferente dos outros.”

— Nos conte um pouco sobre o que mais te motiva dentro da Enactus?

“Entrar para o time Enactus UFLA, me relacionar com membros antigos e atuais de outros times, ouvir suas histórias de sucesso, ver sua paixão, saber das realizações e conquista, me cativou e me emocionou muito, me deu uma vontade louca de estar lá um dia, falando como o nosso time cresceu, brilhou, conquistou coisas boas e modificou vidas. Saber o impacto que podemos causar, como podemos emponderar pessoas, melhorar o lugar em que vivemos, acrescentar para a nossa universidade novas experiências, crescermos juntos como pessoas, fazermos novos amigos, tudo isso me motiva a cada dia, não importa o que esteja acontecendo a minha volta, sempre me sinto motivada a fazer isso, com toda a garra.”

— E como você passou a ver o mundo depois de entrar para a Enactus?

“Eu passei a ver mais oportunidades nas coisas, a refletir mais sobre as situações e os problemas, até mesmo na minha vida pessoal, acadêmica e profissional. A não desistir tão fácil e, principalmente, a acreditar na força do trabalho em grupo. E também, minha vontade de mudar o mundo e de fazer coisas boas se tornou muito maior.”

Foto: Aquivo Pessoal

Entrevista: Guilherme Andrade

blog comments powered by Disqus