Login Register

Conheça os Times Competidores de Alagoas e da Bahia

Todos os anos, um seleto grupo de mais de 2.000 estudantes, acadêmicos, empresários, empreendedores, agentes do governo e líderes de organizações do Brasil inteiro se reúnem no Evento Nacional Enactus Brasil para mostrar como a ação empreendedora e a inovação compartilhada estão transformando vidas e criando uma realidade melhor para todos nós, vivenciando três dias inesquecíveis de colaboração, competição, celebração e inovação.

A competição fica por conta do Campeonato Nacional, que traz 54 times mostrando que não só estão fazendo a diferença no Brasil, mas estão criando novas carreiras, gerando inovação nos negócios e entregando um impacto social por todo o território brasileiro. Vamos conhecer agora, todos os times competidores do ENEB 2018, organizados por estado.

O primeiro é Alagoas, com o time Enactus UFAL, Universidade Federal de Alagoas, em Maceió, fundado em novembro de 2015. Em sua segunda participação no ENEB, em 2017, o time foi finalista e alcançou o 5º lugar no campeonato. Atualmente o time desenvolve o projeto “Amitis”, que trabalha inserindo comunidades vulneráveis no ciclo produtivo de hortas hidropônicas inteligentes, e trabalha para a diminuição das desigualdades, gerando uma oportunidade de negócio e renda para as comunidades mais afetadas por fatores como baixa renda familiar, ausência de saneamento básico, e elevadas taxas de desnutrição. O projeto é semifinalista do Prêmio Alimentação em Foco da Fundação Cargill.

Da Bahia, temos o time Enactus FADBA, da Faculdade Adventista da Bahia, fundado em maio de 2017. O time desenvolve o projeto “Comer Bem”. O nome do projeto veio de “Comunidade e Escola, Refletindo Benefícios e Motivações”, e tem como objetivo a criação de uma horta comunitária, além de gerar interação e desenvolvimento, envolvendo estudantes da rede estadual e municipal, e moradores da comunidade Capoeiruçu, no Recôncavo da Bahia. Outra frente do projeto é a proposta de revitalização da área, tendo toda a comunidade como agentes da mudança no meio em que estão inseridos, criando um sentimento de pertencimento e protagonismo pelo projeto.

blog comments powered by Disqus